sábado, 25 de janeiro de 2014

MEIO AMBIENTE: TOMA LÁ DA CÁ

DEPOIS DE TRÊS ANOS, UM MÊS E DEZ DIAS
Foto: Edilson Angelo
Depois de mais de três anos após a Entidade Cooperativista Sustentável( ECOS) lançar uma Carta aberta as autoridades ambientais de Alcântaras por meio de seu blog e do informativo semanal o Serrano. O pequeno município serrano sente na pele os problemas originados pela falta d'água.
 A ECOS que em 15 de dezembro de 2010 teria repudiado a ação de despejo de lixo dentro de um cacimbão nas proximidades da Biblioteca Municipal, haveria recebido na mesma época, uma ligação do Secretário do Desenvolvimento Agrário e Meio Ambiente e também presidente do Conselho de Defesa do Meio Ambiente de Alcântaras sobre os motivos da demolição de um chafariz publico no bairro do Junco. Na época, os motivos informados seriam que devido o equipamento publico está inoperante, a caixa d'água deste poderia tornar-se foco de proliferação do mosquito da dengue e por isso sua demolição seria justificada. 
Entretanto pouco mais de três anos após o fato, moradores do Bairro do Junco tem enfrentado problemas na busca por água, devido o chafariz mais próximo está situado na Rua Roberto Ximenes conforme evidenciado pelo blog Visão Norte. Ainda em Alcântaras, grande parte da população hoje capta água de um poço situado no Hospital Municipal, quando poderia também contar com o cacimbão que após poluído com entulhos retirados de uma ponte foi enterrado. O caso acima referenciado, chama atenção para as ações praticadas momentaneamente pelos humanos, visando somente o presente enquanto somos sujeitos a um futuro incerto e castigante por conta da ignorância alcantarense.

25 de janeiro de 2014
Assessoria de Comunicação da ECOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O BLOG DA ECOS AGRADECE SUA PARTICIPAÇÃO, APÓS ANALIZADO E JULGADO SEU COMENTÁRIO SERÁ OU NÃO PUBLICADO.